Enter your keyword

MAMOPLASTIA X MASTOPEXIA

MAMOPLASTIA X MASTOPEXIA

MAMOPLASTIA X MASTOPEXIA

Plástica nas mamas estão entre as cirurgias plásticas mais realizadas pelas mulheres no Brasil. Devido a variedade de procedimento, há uma frequente confusão entre eles, e as pacientes muitas vezes não sabem o que esperar de cada cirurgia. Uma das dúvidas mais comuns é a diferença entre os procedimentos de mamoplastia e maxopexia. Afinal, para que serve cada um deles e qual é o mais indicado para cada caso?

Primeiro temos que entender que, na hora de decidir realizar um procedimento cirurgico, é de extrema importância consltar um médico de confiança e conversar com ele sobre suas expectativas em relação à cirurgia. Seja claro, para que o cirurgião entenda o que você busca e assim possa indicar o procedimento correto.

Entendendo as diferenças

Existe mais de um tipo de cirurgia de mama. Os mais comuns são: mamoplastia, mastopexia e reconstrução mamária.

Mamoplastia – Envolve diretamente a alteração do volume da mama. Pode ser redutora ou de aumento. Para as mulheres com seios fartos, que prejudicam a coluna, o indicado é a mamoplastia redutora. A mamoplastia de aumento é o tão falado implante de silicone, que aumenta o tamanho da mama.

Mastopexia – Conhecida também como lifting de mama, a mastopexia não altera o tamanho das mamas. É um procedimento indicado na correção das mamas caídas e flácidas, ou em casos de perda de elasticidade da pele, onde os mamilos ficam caídos, devido a mudanças bruscas de peso, amamentação, envelhecimento e até mesmo a ação da gravidade. A mastopexia é indicada para mulheres que, mesmo satisfeitas com o tamanho das mamas, não estão plenamente felizes com sua forma. Nesse procedimento reposicionamos a aréola e removemos a pele excessiva.

Reconstrução Mamária – Como o próprio nome sugere, é um procedimento indicado para reconstruir a mama que por alguma razão tenha sido retirada. O exemplo mais comum é o câncer de mama. Para realizar esse procedimento é preciso avaliar cada caso individualmente, analisando a quantidade de tecido perdido. O procedimento pode ser feito transferindo retalhos de tecidos de alguma outra parte ou mesmo implantando uma prótese de silicone.

Você ainda tem dúvidas? Entre em contato conosco através do nosso formulário de contato ou agende uma consulta por telefone.

Sem comentários

Deixe uma resposta

Quer receber dicas de saúde e beleza?
Nossa news é dedicada para você que quer receber dicas de como conciliar saúde e bem estar :)
Por favor, cadastre seu email dados
Obrigado pelo cadastro
Agora você receberá nossa news!
Fechar
%d blogueiros gostam disto: